Traduzir a missão da sua empresa em estratégias e então executá-las é o propósito do Balanced Scorecard. Através de indicadores, toda a empresa fica a par do seu desempenho e quais serão os vetores para o sucesso durante a caminhada.

A ideia é que, se os colaboradores entendem os objetivos, espera-se que as forças sejam canalizadas para atingi-los. É mais uma ferramenta para otimizar seus processos, ver a empresa como um todo e medir seu desempenho. Nas palavras de Peter Drucker “Não podemos prever o futuro, mas podemos criá-lo”, e o Balanced Scorecard é considerada uma ferramenta consagrada em todo o mundo.

Mas para executá-lo é preciso respeitar suas etapas:

– Esclareça a visão e a estratégia
Não adianta simplesmente apresentar os objetivos sem que a equipe não tenha absorvido a missão e a estratégia. Definir claramente para que a organização existe (sua missão) e sua visão de futuro (o grande objetivo de longo prazo) estabelecerá o guia para que os objetivos estratégicos sejam propostos.

– Estabeleça um ritmo ideal de crescimento
O cumprimento das metas provavelmente não se dará numa escalada relâmpago. É preciso estabelecer um ritmo de crescimento, aos poucos, para que a frustração não tome conta da equipe. Com metas a curto, médio e longo prazo, a sensação de sucesso sempre estará presente, e os colaboradores, sempre motivados.

– O feedback sempre é importante
Manter uma rotina de feedbacks (positivos e negativos) otimiza o crescimento da equipe. Com um acompanhamento mais aproximado entre gestores e funcionários, a equipe sempre estará buscando novas formas de profissionalizar-se, crescendo junto à empresa.

– Mapas estratégicos e Painéis de gráficos
O mapa estratégico demonstra os objetivos estratégicos propostos. Ele é uma ferramenta para que se delegue cada setor e suas metas. Para assegurar o pleno gerenciamento do plano estratégico estabelecido, é crítico que a organização adote uma ferramenta que possa organizar o mapa estratégico, os indicadores de performance e a gestão dos projetos que irão permitir que ela atinja os objetivos traçados. Nós da Parceria adotamos e sugerimos o SCOPI como ferramenta para gerenciar a estratégia. Extremamente simples e robusta, essa ferramenta auxilia, de forma decisiva, na gestão do plano estratégico.

Agende uma visita conosco e descubra novos caminhos para os seus negócios. O Balanced Scorecard é apenas uma das ferramentas para maximizar o desempenho da sua empresa.

Carlos Eduardo Bandeira Araújo

Sócio e Consultor da Parceria Consultores

Especializado em BPM (Gerenciamento de Processos de Negócios) e Gestão Estratégica com mais de 20 anos de experiência.