Inteligência Financeira e Controladoria

COMO FAZEMOS

As prioridades do ambiente empresarial passam pela definição das estratégias, a remodelagem dos processos, o alinhamento das pessoas e o investimento em tecnologia. Para a avaliação continuada das decisões faz-se necessária a utilização de ferramentas que produzam informações gerenciais tempestivas e de qualidade, por isso, a inteligência financeira e a controladoria assumem funções de destaque nas análises e nas decisões empresariais.

A inteligência financeira diz respeito a formatação da estrutura completa de acompanhamento do fluxo do dinheiro de um negócio. A área financeira deve ter suas estratégias e políticas bem definidas para que os processos de cobrança, de concessão de limites de crédito, contas a pagar, contas a receber, conciliação bancária, prestações de contas, controle de empréstimos e de financiamentos, gestão das disponibilidades e controle de indicadores financeiros sejam seguros, ágeis e confiáveis, permitindo uma visão precisa do que foi realizado com os recursos no passado, mas, primordialmente, projetar o fluxo de caixa para a tomada de decisões sobre o futuro, de forma planejada e antecipada.

A Controladoria associa, enquanto ramo do conhecimento, conceitos de várias ciências como: administração, contabilidade, economia e estatística. O principal objetivo é otimizar os resultados globais das instituições. Devemos perguntar e responder em cada organização: Quais tipos de decisão precisam de informações sobre resultados? Quais resultados queremos medir? Sobre quais dimensões do negócio queremos medir resultados? Por Produto/Serviço? Por Centro de Custo? Por Loja? Por Região de Atuação? Por Marca? Como e quando devemos mensurar cada resultado? Que metas devemos estabelecer para os resultados? Como iremos disponibilizar as informações de forma clara, útil e tempestiva? Quem receberá tais informações?

Portanto, devemos disponibilizar, a partir das necessidades da empresa, informações capazes de subsidiar adequadamente o processo de decisão de gestores e sócios das organizações, fortalecendo a Governança.

RESULTADOS

  • Estruturação dos processos da área financeira nos negócios;
  • Estruturação dos processos da área de controladoria nos negócios;
  • Estabelecimento do modelo de informações gerenciais para fortalecer o processo de tomada de decisões estratégicas e operacionais;
  • Definição das ferramentas de gestão financeira e de resultados a serem utilizadas;
  • Apoio no processo de implantação das ferramentas e do modelo de informação;
  • Melhoria na geração de Informações gerenciais financeiras e de resultados simples, seguras, tempestivas e de qualidade.