Hoje em dia, é muito fácil as pessoas reagirem emocionalmente de forma desequilibrada. O mundo está emocionalmente abalado por conta da aceleração das informações, das novidades e das cobranças excessivas. Muitas mudanças acontecem diariamente e elas nos afetam sobremaneira. Principalmente nos negócios. Mesmo assim, todo empresário precisa administrar as emoções no universo corporativo. É preciso ter um jogo de cintura e muita inteligência emocional para não se deixar ser “varrido” pela avalanche emocional que nos perturba no dia-a-dia.

Segundo o conceito de Salovey e Mayer, a inteligência emocional é a capacidade de perceber e exprimir a emoção, assimilá-la ao pensamento, compreender e raciocinar com ela, e saber regulá-la em si próprio e nos outros. Mas como é possível administrar emoções fortes?

Primeiramente, é necessário entender a raiz do descontrole. Ao lidar com situações estressantes, como um grande engarrafamento, uma discussão, um desentendimento ou um problema pessoal, pergunte-se: “por que saí do controle?”. Responda com sinceridade e tente ponderar a situação para saber se a situação pode ser administrada ou se você tem motivos racionais o suficiente para se aborrecer.

O equilíbrio emocional é um hábito que pode ser adquirido com o tempo. E é um fator chave para alcançar o sucesso profissional. Pois, ao saber lidar diretamente com as pessoas ou situações que podem surgir no ambiente de trabalho, você poderá a vir se tornar uma base de sustentação para os outros.

Manter essa inteligência auxilia os profissionais em vários sentidos. Pessoas que sabem administrar as emoções e se relaciona bem com colegas, é mais fácil que você receba melhores oportunidades dentro da empresa. Confira algumas dicas para adquirir equilíbrio emocional:

  • Valorize as pessoas e os problemas no escritório de forma justa;
  • Seja responsável com as tarefas a serem realizadas;
  • Tenha um comportamento pessoal saudável diante da vida;
  • Tenha metas e/ou objetivos pessoais significativos;
  • Respire de forma consciente e profunda;
  • Encontre tempo para fazer coisas que te deem prazer;
  • Faça exercício físico.

Se você tem interesse em elevar o equilíbrio emocional dos seus negócios, não esqueça que é preciso ter uma boa autoestima, traçar objetivos, analisar situações e ter paciência são fundamentais. E você, acha que consegue administrar as suas emoções?

 

Equilíbrio Emocional Inteligência Emocional

Luciano Esmeraldo Melo

Sócio e Consultor da Parceria Consultores

Especializado em desenvolvimento de pessoas, em educação corporativa e em otimização comercial.